Blog

12/08/2018

Freud, 1887 - Duas breves resenhas


Ainda no imediato período em que retorna Paris a Viena Freud fez resenhas para periódicos médicos, mas, dentre as que foram localizadas, apenas estas duas tratam de psicopatologia. As demais estavam voltadas para a neurologia. Vejamos. 

Resenha de "Neurastenia Aguda, um Quadro Médico e Social", de Averbeck – Freud destaca aqui a atenção que foi dada à insuficiência da formação médica no que diz respeito à neurastenia, esse estado patológico do sistema nervoso que pode ser classificado como a mais comum de todas as doenças em nossa sociedade. Ela ainda é praticamente desconhecida dos médicos de boa formação científica. Seu quadro clínico não cabe nos manuais restritos basicamente à anatomia patológica, pois deve ser descrita como um modo de reação do sistema nervoso. Merece a máxima atenção dos médicos. 

Resenha de "O Tratamento de Certas Formas de Neurastenia e Histeria", de Weir Mitchell – Freud destaca aqui o apoio ao método terapêutico proposto por Weir Mitchell, especialista em doenças nervosas na Filadélfia. Trata-se de um método que combina repouso no leito, isolamento, alimentação abundante, massagem e eletricidade, de forma estritamente controlada. Bom lembrar que o próprio Freud, nessa época, empregava este tratamento catártico. Sobre a edição inglesa, Freud diz que os termos "histeria" e "histérico" são empregados quase sempre no sentido vulgar, e não no sentido científico dessa palavra tão deturpada (p. 72). 

_________________________

FREUD, Sigmund. Duas breves resenhas. In: Obras Psicológicas Completas: Edição Standard Brasileira. Volume I – Publicações Pré-Psicanalíticas e Esboços Inéditos (1886-1899), pág. 69-72 (clique no link para acesso ao texto integral).

Henrique Silva